Relógios de Ponto e Suas Vantagens

Os custos trabalhistas geralmente representam uma parcela considerável das receitas das empresas. No entanto, não importa o quão justo seja a remuneração de seus funcionários, certamente haverá alguns poucos que não desempenharão bem as suas funções ou não completará o número de horas de trabalho do dia, ou no caso contrário, irá exceder o tempo de trabalho. Sendo estes alguns dos principais problemas enfrentados pelas empresas que podem até mesmo arruinar seus negócios já que a percela dos gastos trabalhistas (salários, prêmios, impostos, etc) é considerável, considerando assim um grande sorvedouro de reservas de uma empresa.

Felizmente, os relógios de ponto e suas variações (digital, biométrico, etc) possuem uma tecnologia moderna que oferece aos empregadores a solução para manter o controle do tempo de trabalho de seus funcionários. Isso irá evitar, por exemplo, a compensação e/ou troca de favores de colegas de trabalho, que geralmente é feito por uma grande quantidade dos empregados em favor de seus amigos. Estes dispositivos utilizam o método da leitura das impressões digitais, códigos PIN e cartões magnéticos. Além de ser confiável quando se trata de fornecer os dados coletados, sendo uma alternativa excelente frente a antiga necessidade de registrar as horas de trabalho dos funcionários/empregados.

Uma vez que os relógios de pontos biométricos ou, simplesmente, relógios de pontos geram relatórios precisos, não há problemas em relação a funcionários que estão praticando fraudes em suas folhas de horários, e não há mais a compra de cartelas (cartão de ponto) que representavam um alto custo para os registros. Além de gerar um melhor ambiente de trabalho para as pessoas, que têm seus tempos registrados de forma justa, trazendo mais economia para as empresas e mais segurança para os profissionais trabalhadores.

Se você é um empregador e está preocupada com seus funcionários e, claro, querendo reduzir os lucros de sua empresa, o caminho mais fácil é equipar o seu escritório com tecnologias inteligentes que irão reduzir os custos de trabalho, como o relógio biométrico. Os empregadores terão um mais tranquilidade sabendo que seus empregados não poderão computar tempos fictícios em suas horas de trabalho, pagando seus funcionários de acordo com o tempo trabalhado e ainda oferecendo mais segurança e saúde financeira para sua empresa.

Nós todos sabemos que algumas empresas perderam milhões de dólares por causa do tempo desperdiçado, e isso acontece se a empresa não está bem equipada. Aquela empresa que não está preparada e tendo como aliada a tecnologia. Há muitas opções disponíveis no mercado, que visam ajudar a empresa a ser rentável e diminuir seus custos trabalhistas. Os relógio biométrico armazenam a informação em uma memória que direciona os dados para o software que irá convertê-lo à folha de pagamento, otimizando análises e custos.

A competição está cada vez maior e novas leis estão por vir. Sairá vencedor aquele que se aliar à tecnologia e utilizá-la como uma ferramenta na obtenção de excelência operacional e financeira. E a tecnologia da biometria presentes nos relógios de pontos atuais permitem esse diferencial, trazendo segurança para os trabalhadores e rentabilidade para os empregadores.

Como Escolher o Melhor Relógio de Ponto

A escolha do melhor sistema de controle de horas trabalhadas em uma empresa pode representar uma complexa decisão dependendo do perfil, tamanho e objetivos da empresa, suporte do vendedor, marca, facilidade de uso do software e muitos outros critérios.

Há algum tempo atrás, os modelos utilizados eram os mecânicos e manuais que operavam com um cartão de ponto, dos quais eram retiradas as informações para execução dos cálculos de horas de trabalho.

Atualmente, os relógios de pontos possuem uma infinidade de modelos, funcionalidades, diversidades e diferenciais, facilitando de forma intensiva o trabalho do departamento de recursos humanos, assim como também trazendo maiores facilidades para o empregado na conferência e na execução de relatórios de expedientes.

Com a implementação da nova Portaria nº 1.510, que trouxe uma maior regulamentação na área, as empresas enfrentam um problema maior ainda na identificação do modelo a ser implementado em seus negócios, aliado às novas normas sem prejudicar a operacionalidade de seus departamentos de RH.

Certamente, a regressão para os modelos antigos e manuais irá prejudicar a rotina de trabalho do departamento de pessoal (RH), gerando atrasos imensuráveis na contabilidade da empresas, falhas humanas e prejuízos trabalhistas aos empregadores, por conta de prováveis processos trabalhistas advindo de erros no cálculo da remuneração de seus funcionários, desrespeitando os direitos do trabalhador.

Portanto, torna-se fundamental que a empresa optante por um sistema eletrônico, deverá ser reeducar priorizando a sua escolha nos modelos que aliem boa usabilidade de seus softwares e resultados confiáveis, com treinamentos de seus funcionários se possível juntamente com seus fornecedores, os quais terão melhores condições de implementar de maneira satisfatória os novos sistemas (relógios de ponto) de acordo com a nova regulamentação.